Notícias UNIPAC

Alunos da Nutrição realizam evento de conscientização do Maio Roxo

Tiveram início nesta segunda-feira (21/05) as atividades do Maio Roxo, na Clínica Escola Vera Tamm de Andrada, no campus do UNIPAC Barbacena, realizadas pelo curso de Nutrição, em parceria com o curso de Farmácia. O objetivo é a conscientização sobre as doenças inflamatórias intestinais retocolite, ou colite ulcerativa, e doença de Crohn. O foco do evento é atender à população que faz tratamentos na Clínica Escola.

No primeiro dia, na parte da tarde, estagiários do 7º período do curso de Nutrição, supervisionados pela professora Elisa Grossi Mendonça, realizaram atividades com os pacientes da Clínica Escola. Durante a ação, os alunos mostraram para os pacientes o uso de alimentos para reduzir a inflamação. Houve a confecção de um mix de temperos antiinflamatórios; um chá de cúrcuma, ou açafrão da terra, que tem poder antiinflamatório; um chá de hortelã e um bolo de banana, aveia e canela.

“Os alunos fizeram uma mesa com temperos e receitas e chamaram os pacientes para conhecerem as soluções de alimentos que evitam inflamações. Os pacientes gostaram muito, e muitos deles não conheciam as ervas antiinflamatórias. Quando ofertamos o chá de açafrão da terra, alguns conheciam o nome, mas nunca haviam utilizado. O evento teve uma boa aceitação e os pacientes ficaram muitos agradecidos, falaram que vão utilizar os alimentos em casa. Inclusive, uma paciente que tem retocolite disse que vai utilizar as receitas que aprendeu na sua alimentação diária. Para os próximos dias, a expectativa é que todos saiam com bom entendimento sobre as doenças, já que o nosso objetivo é divulga-las para que sejam diagnosticadas precocemente e tratadas. E o mais interessante é que o tratamento pode ser com alimentos que melhorem a inflamação”, relatou a professora responsável pelas atividades, Elisa Grossi.

No evento, também foi exposto um banner informativo sobre as doenças inflamatórias intestinais. Foram ainda apresentados os alimentos que são fonte de carboidratos e aumentam os sintomas das doenças e que, por isso, devem ser evitados.

As atividades do Maio Roxo da Nutrição continuam na terça (22/05) e na quarta-feira (23/05), com ações na parte da manhã para pacientes da Clínica Escola. Serão ofertadas novas receitas de alimentos benéficos ao combate das inflamações intestinais.

 

Maio Roxo

19 de maio é considerado o Dia Mundial das Doenças Inflamatórias Intestinais. Durante o mês, a Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP), juntamente com outras Sociedades que se dedicam às doenças do aparelho digestivo, criaram a campanha do Maio Roxo, para conscientizar sobre as doenças inflamatórias intestinais.

Ainda sem causa comprovada, as doenças inflamatórias intestinais (DII) podem estar ligadas a fatores hereditários e imunológicos, podendo ser agravadas pelos hábitos de vida. Atingem ambos os sexos indistintamente e o diagnóstico ocorre geralmente por volta da terceira década de vida. O objetivo da campanha é realizar ações durante o mês de maio para prevenção e o diagnóstico precoce das doenças.